terça-feira, 28 de agosto de 2007

Nata, bolo de milho, carreteiro, cachorro-quente e massagem... boa sorte!

O primeiro dia começou, na verdade, no dia anterior... às 6hs da manhã de sábado (25-08), eu estava no aeroporto de Porto Alegre recebendo o tchau e boa sorte do pai e do Toninho, meu irmão mais novo, para embarcar rumo à São Paulo em viagem que me levaria para a África do Sul!

Cheguei por volta das 8h15 no aeroporto de Guarulhos, dentro do tempo previsto, mas era estranho não haver atraso em um vôo no Brasil... então ficamos esperando por cerca de meia hora dentro do avião na pista do aeroporto paulista por não ter disponíveis ônibus que levariam os passageiros até o terminal... era muito bom pra ser verdade... já esperando as bagagens, um novo grande atraso de cerca de meia hora... eu nunca havia visto ou passado por esse tipo de atraso em aeroportos no Brasil... tiveram passageiros que ficaram nervosos, gritavam pedindo pelo menos um parecer da Infraero e um rapaz chegou a bater seu carrinho na esteira várias vezes, como se fosse iniciar uma rebelião, sua atuação era em vão, o problema até era pequeno... assisti tudo, peguei minha bagagem e encontrei a Valesca, minha prima que mora em SP e me aguardava... nos abraçamos, beijo pra lá e beijo pra cá, sempre nos demos muito bem... hehe

Cheguei na casa dela, a tia Alice não estava em casa e a Claudinha, a irmã da Val mais nova, estava no banho... comi alguns pedaços de um gostoso bolo de milho e fui pra cama, já que havia saído de casa às 5h30, madrugada... dormi das 10hs ao meio-dia... quando levantei eu estava com mais energia e almoçamos, aliás um bem gostoso carreteiro da tia... ela disse que eu merecia já que comprei dois potes de nata em Porto Alegre e levei pra ela, não tem nata em Sampa...

O dia com as gurias foi muito bom... a tarde foi uma beleza, rimos das lembranças de família e recebi uma super massagem da fisioterapeuta Claudinha... hehe depois fomos ao centro paulista, onde eu comprei uma mochila pra carregar minhas coisas e o notebook nas costas, já que minha pasta de carregar de um lado do corpo, sobre um ombro, estava me deixando torto e causando dor nas costas, antes aliviadas pela massagem... eu precisava fazer com que a ajuda da Claudinha não fosse em vão e disse que iria cuidar da postura, carregar a mochila correta, não tanto peso e tal...

Voltamos pra casa e devoramos o cachorro-quente feito pela tia, comi uns quatro ou cinco... depois tomei um banho e a Valesca me levou ao aeroporto, onde iniciaria de fato minha jornada rumo à África do Sul... embarquei em torno das 22hs, a Valesca me desejou muita sorte, assim como muitas pessoas queridas, que ligaram e escreveram fazendo o mesmo... e aqui, mais uma vez, agradeço isso do fundo do meu coração! O boeing da South African Airlines decola para cruzar o céu por cima do oceano Atlântico rumo à primeira escala no outro continente, Johannesburgo!

Obs.: É a primeira vez que posto algo em um blog contando alguma história, não sei se está agradável para ler a forma que estou escrevendo, se é a melhor forma de se escrever em um blog e tal, mas vou melhorando... desculpe a minha falta de jeito... não tá morto quem peleia! hehe

Um comentário:

Sol & Girassol disse...

Grande Aleco,

É isso aí meu brother! Sucesso e boa estada "além-mar"!

Continue relatando suas experiências numa das terras mais cheias de histórias e de guerreiros - tal qual os Gaúchos por este mundo afora!

Continue a dobrar as esquinas por aí e nos mantenha informado das façanhas!

Forte abraço,